A IMPORTÂNCIA DA MANUTENÇÃO NAS NOSSAS CASAS

A sua casa… como vai de saúde?

Sabia que a saúde da sua casa poderá influenciar a sua própria saúde? O contacto permanente com ambientes insalubres pode gerar problemas de saúde graves. Por essa razão é tão importante cuidarmos da nossa saúde, cuidando das nossas casas.

Nunca passámos tanto tempo nas nossas casas como agora. A pandemia pela qual atravessamos obrigou-nos a viver mais as nossas casas e assim passámos a valorizar esse espaço, estando mais atentos aos fatores que possam interferir no nosso bem estar.

Para além da saúde atual do imóvel, a sua vida útil a médio prazo depende proporcionalmente ao cuidado preventivo que lhe prestamos. Além de ajudar na redução dos custos de eventuais consertos, a revisão regular faz com que o imóvel dure mais, e necessite de menos reparações ao longo da sua vida.

Regularmente devemos fazer a seguinte pergunta: será que a minha casa está saudável e segura o suficiente, ou está a precisar de alguma manutenção?

Existem 4 ou 5 questões essenciais, consoante o tipo de imóvel, a que devemos dar atenção regular, de forma a apostar numa boa manutenção da nossa casa e que evitam maiores custos de reparação “a posteriori”:

  1. Pinturas gerais: esta não é apenas uma questão estética, muito embora nos preocupemos em ter um ambiente bonito. O aparecimento de manchas nas pinturas poderá indiciar problemas de infiltrações ou falta de ventilação, fatores prejudiciais para a saúde. Há que reparar o problema na sua origem e manter as pinturas em bom estado.
  2. Canalização em geral: deverá ser verificado o estado geral das canalizações de águas e esgotos, verificando possíveis entupimentos ou vazamentos que possam vir a gerar desperdícios de água ou inundações imprevistas.
  3. Reparações elétricas: uma verificação regular das tomadas, interruptores, luzes em geral, pode ajudar até a economizar na fatura de eletricidade, contribuindo para a prevenção de riscos de incêndio ou outros acidentes. Esta verificação, em alguns casos, deverá ser efetuada por pessoa qualificada, pois representa algum perigo para quem não tem noções de elétrica.
  4. Verificação e limpeza de coberturas: deverá ser acautelado o devido escoamento das águas das coberturas e verificadas as possíveis infiltrações que possam surgir, reparando. A cobertura faz a principal proteção da casa contra os agentes externos, tornando-se essencial o seu bom funcionamento. Uma limpeza regular ajuda a manter o seu bom funcionamento e prolonga a sua durabilidade.
  5. Jardim: caso a sua casa disponha de um espaço exterior, ajardinado ou não, também deve ser alvo de atos de manutenção, como limpeza e tratamentos adequados. A boa saúde da sua casa também depende do espaço que a envolve.

O intervalo para fazer estas manutenções, das mais simples às mais complexas, depende principalmente do tipo e da idade do imóvel. A vida operacional de um edifício é tão importante como o projeto e a obra que lhe dão origem. A sua gestão e manutenção deverá ser acautelada para que a sua saúde se prolongue. E a sua boa saúde (da casa) contribui para a saúde humana. Recorra a profissionais, se não lhe for possível realizar a manutenção regular da sua casa, mas não deixe de a fazer, pois os custos que daí possam advir serão mais onerosos quando tiver que consertar.

Partilhe este artigo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email

Quer ser

Contactado?

Deixe-nos os seus dados.
Nós ligamos-lhe!

Este website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Leia a nossa Política de Privacidade.