AE20190047-b – Quinta de Belém – Orgens – Viseu

Obra:

Local:

Ano:

Intervenientes:

Trata-se de uma moradia de 2 pisos, embora se distribua quase exclusivamente num só. O volume mais pequeno do andar confere-lhe uma outra dimensão volumétrica, marcando a zona da porta social através da sua rotação e cruzamento com o volume do rés do chão.

A implantação alongada buscou a área máxima permitida para o lote, numa tentativa de colocar no piso térreo quase todo o programa estabelecido para a moradia.

O volume térreo é marcado pela horizontalidade conferida pela platibanda que serve de quebra sol.

O corpo mais alto, composto por rés-do-chão e andar, orienta-se no sentido Nascente/ Poente e é onde se localiza a zona social da habitação (Hall, Salas, Zona íntima no andar).

Nesta volumetria que se abre para Sudoeste, a casa tem as áreas sociais localizadas na parte posterior do terreno, resguardando os momentos de convívio no exterior e beneficiando da exposição solar a Sul. Sendo esta uma premissa do cliente, o alçado frontal acaba por surgir mais fechado, garantindo a privacidade na zona de quartos.

Partilhe este projeto:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email

Quer ser

Contactado?

Deixe-nos os seus dados.
Nós ligamos-lhe!

Este website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Leia a nossa Política de Privacidade.